sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Bem... a Ele


"Sei que fiquei pendurado naquela árvore fustigada pelo vento,

Lá balancei por nove longas noites,

Ferido por minha própria lâmina,Sacrificado a Odin,

Eu em oferenda a mim mesmo:

Amarrado à árvore

De raízes desconhecidas.


Ninguém me deu pão,

Ninguém me deu de beber.

Meus olhos se voltaram para as mais entranháveis profundezas,

Até que vi as Runas.


Com um grito ensurdecedor peguei-as,

E,então,tão fraco estava que caí.

Ganhei bem-estar

E sabedoria também.

Uma palavra,e depois a seguinte,

acaonduziram-me à terceira,

De um feito para outro feito."

3 comentários:

Jujuba disse...

Arigatou, por comentar no Kokoro Café! =D Quem te pediu? *curiosidade*

Molly Mokona disse...

Domo arigatou gosaimasu por comentar e volte sempre*cara de maid^^*
Adorei aki^^

Lekuza Sk8 disse...

Nhaaaa
mais uma do kokoro cafe akiee...
tbm gostei do blog...
adorei os textos...
nao vou perguntar quem pediu pra vc comenbtar la nao..minha amiguinhas ja fizerem isso...
mas sinta-se a vontade a voltar sempre!!!