segunda-feira, 23 de março de 2009

Bem, teve um show...


Não tenho todas as palavras que eu quero para descrever minha última sexta-feira... Excitação, expectativa, medo, apreensão... essas podem traduzir a grande parte desse dia, a parte menos significativa, agora que tudo já passou.
Frênesi, alegria, gozo, glória, vitória... essas resumem as duas horas que significaram uma espera de quase 15 anos da minha vida, e que com certeza marcaram minha mente, minha história. Sei que minhas são as palavras de uma multidão de pessoas, e sei que posso falar por pelo menos uns 10 amigos meus.

Para quem ainda não se tocou do que estou falando, aviso que é sobre o show do Iron Maiden, o primeiro não apenas da minha vida (o que acho que dá pra notar, pelo meu discurso de tiete) como o primeiro em Brasília (a tão aclamada "capital do rock" do Brasil). Sim, apesar de chamarem esta cidade branca, chata e parada de capital do rock, faltam eventos como esse. E mesmo assim, crianças ficam reclamando que nunca tem show aqui, e nem mesmo para homenagear uma banda de respeito como a dita cuja eles continuam em seus apartamentos, falando baboseiras no orkut.


Enfim, foi para falar de coisas boas que iniciei este texto, então de coisas boas falemos. Não vou falar de toda a minha trajetória na sexta-feira, uma mini-aventura, sem dúvidas, porque não é o caso. Apenas vivi extremamente o momento (como uma amiga minha me comentou antes), conseguindo o dinheiro de última hora e o ingresso também... Ao passar pelos portões (ainda bem que o ingresso não era falso) começou aquela emoção subindo pela barriga, calafrios e sustos, como se fosse eu a me apresentar. Lá dentro, encontros, reencontros e (depois eu soube) desencontros também, como não podia faltar. Posso dizer que conheci a guria perfeita nesse show (só fui me dar conta sábado à noite, relembrando alguns fatos), mas não liguei pra nada mais que não fosse o palco. A filha do Steve Harris, Lauren Harris, fez sua pontinha. Não fedia nem cheirava, mas se você estiver lendo este blog, Lauren, meu conselho é que você siga na linha do hard... Combinou muito com seu estilo, e não ficava tão "Avril Lavigne".

Depois começou um discurso e um rio de energias voltou-se para o palco. A tensão era palpável. Uma explosão, fogos e os primeiros acordes de Aces High lutavam contra os gritos de 25 mil fãs pelos céus de Brasília. Magia era pouco para descrever as cenas. Eu estava longe, cerca de 200 metros do palco, mais ou menos, mas tudo brilhava como a mais pura fantasia infantil. Acho que só quem vive um momento assim pode compreender bem o que quero exprimir.


http://www.youtube.com/watch?v=_8gEADhTJDU


Não vou aqui esmiuçar o show por completo, também, mas só posso dizer que cada detalhe continua marcado como brasa em minha mente, se sobrepondo mas não se ofuscando. Alguns desses detalhes foram, por exemplo: os momentos em que Bruce Dickinson se dirigia a nós, seu público. Sim, pode parecer sonho de uma adolescente virgem, mas são coisas assim que um fã, até então virgem de lives da sua banda amada, grava em sua mente. Outros detalhes foram as músicas que ouço desde que era um moleque catarrento serem ali tocadas ao vivo, e todas as minhas fantasias infantis de pular no sofá e aprender no violão serem realizadas por um grupo de velhos. Outro detalhe marcante foi eu poder olhar para os lados e ver nos rostos dos meus amigos a mesma luz, a mesma energia, o mesmo brilho nos olhos. Algo que só nos enchia ainda mais de felicidade.

Momento de ouro: minha música favorita sendo tocada (The Trooper). Deixo aí o vídeo.


http://www.youtube.com/watch?v=kUYbkjL4YAE


Fora outras coisas, como a entrada do Eddie e sua masturbação na frente de todos, o esporro do Dickinson contra imbecis que não sabem curtir um bom show e têm que arrumar briga e o show pirotécnico (quem me conhece bem sabe minha fascinação com fogos).

Bem, se eu continuar, vai ficar chato falar da minha felicidade e baboseiras infantis, então deixo alguns vídeos do show para que vejam a beleza de festa que

foi minha sexta-feira... que venham muitas outras assim!


http://www.youtube.com/watch?v=Cq7BeNn8xmY

http://www.youtube.com/watch?v=bQ_dZp8Q3o0

http://www.youtube.com/watch?v=gD4Xl8ebLpk

Um comentário:

Rev. S disse...

aaaaahhh
:D

e ainda achou a guria perfeita.
ve se pelo menos faça o impossivel pra não deixa ela escapar ok?!

pok